Homenagem ao Dia do Soldado

 Dia do Soldado7


Comemoramos o Dia do Soldado em 25 de agosto e esta data faz referência ao nascimento de Luís Alves de Lima e Silva, conhecido como Duque de Caxias, em 1803. Ele foi considerado o patrono do Exército Brasileiro e teve a data de seu aniversário homenageada.  Filho de uma família aristocracia militar portuguesa, nasceu em uma fazenda no Rio de Janeiro.  Duque de Caxias era um oficial respeitado em 1838, durante o período regencial, quando começaram várias ações separatistas no Brasil e ele foi responsável pelo comando da dissipação de muitas delas. Em 1841, recebeu o título de Barão de Caxias, que faz referência a cidade maranhense de Caxias. Faleceu em 1878 e é lembrado, até hoje, em vários rituais e cerimônias do Exército Brasileiro, além do Dia do Soldado.
Após conhecerem a história do Dia do Soldado e participarem de atividades relacionadas ao tema, os alunos da educação infantil posaram para fotos em homenagem ao “Soldado – Defensor de Nossa Pátria e Protetor do Bem Estar da Ordem Social”.

Vejam que fofos:
 Dia do Soldado
Dia do Soldado2
Dia do Soldado3
Dia do Soldado4
Dia do Soldado5
Dia do Soldado6

Texto replicado do Blog Educação - Estadão: http://educacao.estadao.com.br/blogs/colegio-branca-alves-de-lima/homenagem-ao-dia-do-soldado/ 

Projeto Musicalização com Violão Popular 
 ênfase em prática orquestral


Music (14)

A música é universal, não distingue nacionalidade ou gênero. É reconhecida, inclusive, como ferramenta de aprendizado antes mesmo da alfabetização. Platão já dizia que “a música é o instrumento educacional mais potente que qualquer outro”.  E desde sua afirmação, até os dias atuais, sabemos também que praticar a musicalidade é um excelente exercício para ativar o cérebro em diferentes formas de raciocínio.

No ambiente escolar, por exemplo, a aula de música educacional proporciona aos alunos melhoras significativas em seu desempenho cognitivo, pois trabalha o equilíbrio, a disciplina, a concentração, a prática de atividades coletivas e rítmicas, entre outros pólos importantes para o físico e psíquico, que facilitam a auto-expressão e a criatividade.

Os nossos alunos do ensino fundamental I e II estão engajados no Projeto Musicalização no BAL – Violão Popular, com ênfase em prática orquestral, com orientação e supervisão musical do professor Marcelo Campos.
6 5
“A cada nova aula é perceptível o desenvolvimento de cada um dos participantes, além da alegria em saber tocar no violão e até arriscar uma música preferida em casa ou no intervalo das atividades”, comentou Vânia Lira, diretora da unidade Ubiraci, que compõe as turmas do ensino fundamental.

O comprometimento das turmas é outra coisa que chama a atenção, pois as aulas estão sempre animadas e com a turma toda participando. Nas aulas há teoria e prática dos conceitos e estruturas sonoras, por meio da lousa-interativa, slides, vídeos e apostilas personalizadas. Podemos ver os resultados abaixo:

1

3

Music (12)

Music (5)

Music (4)

4

Music (13)

2

Texto Replicado do Blog Educação - Estadão: http://educacao.estadao.com.br/blogs/colegio-branca-alves-de-lima/projeto-musicalizacao-com-violao-popular-enfase-em-pratica-orquestral/ 

Robótica Educacional IIA prática da teoria


Parece fácil, como montar um quebra cabeças ou apenas ligar as peças em suas cores e formatos. É... parece fácil, mas é muito mais do que isso. A robótica educacional estimula o conhecimento, provoca os sensores cognitivos e, também, promove entusiasmo entre os alunos.

Assim tem sido a rotina dos alunos do fundamental II, que ao longo do primeiro semestre puderam experimentar diversas aulas teóricas e práticas sobre os conceitos multidisciplinares da robótica educacional, que abrangem, por exemplo, física, matemática, geografia entre outras matérias.

Tendo como objetivo a integração dos alunos nas atividades, a aplicação e utilização de ferramentas adequadas (itens Knex) fizeram com que eles tivessem contato direto com o desenvolvimento (e compreensão) da rotação e transferência do movimento em sentido perpendicular (vertical).

“Como resultado, os alunos participaram coletivamente da criação dos movimentos e da intensidade giratória dos projetos, que até então estavam apenas na teoria. A cada etapa concluída, víamos nos olhos deles a animação e entusiasmo em querer expandir o conhecimento, em adquirir mais experiência e consequentemente envolverem-se mais nas aulas”, comenta Conceição Fidêncio, coordenadora pedagógica do fundamental II. Tanto que ao concluir o trabalho, os próprios alunos felicitaram o êxito e disseram “a prática da teoria” em nossas vistas.


Vejam o resultado no vídeo abaixo: